Skip to main content

O que é o Índice de qualidade dos anúncios do Google?

O Índice de qualidade do Google Ads é a maneira de avaliação usado pelo Google que gera uma pontuação de 1 a 10 usada para determinar se o anúncio, as palavras-chave utilizadas e a página para onde o usuário será direcionado são relevantes para o internauta interessado naquele assunto.
Quando o Google faz o ranqueamento para determinar a posição de cada anúncio, o Índice de qualidade é uma das partes mais importantes.

Como é feito o cálculo do IQ?

O cálculo do Índice de Qualidade é baseado em três componentes que avaliam o desempenho do anúncio:

  1. Taxa de Cliques Esperada (CTR): é a probabilidade de que o anúncio receba um clique quando exibido para o usuário.
  2. Relevância do Anúncio: mede o nível de correspondência entre o conteúdo do anúncio e a intenção de pesquisa do usuário.
  3. Experiência na Página de Destino: avalia a relevância e utilidade da página de destino para as pessoas que clicam no anúncio.

Cada um desses componentes recebe uma avaliação de “Acima da Média”, “Na Média” ou “Abaixo da Média”. A comparação é feita com outros anunciantes que utilizaram a mesma palavra-chave nos últimos 90 dias. Se algum dos componentes receber uma avaliação de “Na Média” ou “Abaixo da Média”, isso pode indicar uma oportunidade de melhoria no anúncio.

CTR (Taxa de Cliques Esperada no anúncio)

Traduzindo para o português, seria algo como “taxa de cliques”. Ele divide o número de cliques pela quantidade de vezes que o anúncio foi exibido. É o fator que mais impacta no índice e foi desenvolvido para medir a relevância do seu anúncio para os usuários.
Para melhorar a CTR, o Google recomenda criar uma copy mais envolvente e específica, destacando um benefício exclusivo do seu produto e testando diferentes frases de chamada para ação, como, por exemplo; “compre agora, nossas últimas unidades”.

Relevância do anúncio

O Google tenta entender a relevância de suas palavras-chave, o texto do anúncio e o conteúdo da página de destino e como eles se relacionam entre si e com a pesquisa que está realizada pelo usuário.
Para melhorar a relevância, o Google recomenda mover as palavras-chave para grupos de anúncios menores, adicionar palavras-chave negativas para evitar que seu anúncio apareça em pesquisas indesejadas e associar o idioma do texto mais diretamente às pesquisas do usuário.

Experiência do usuário na página de destino

Experiencia UsuarioGoogle Ads também leva em consideração a experiência dos internautas quando são direcionados para a landing page ou página de destino (a página para a qual ele é direcionado após clicar no anúncio). Três aspectos são considerados: conteúdo relevante e original, transparência (confiabilidade) e navegabilidade (rapidez).
Cada componente recebe um status de acima da média, na média ou abaixo da média. Isso se baseia em uma comparação com outros anunciantes que exibiram anúncios para a mesma palavra-chave nos últimos 90 dias.

 

 

Assim sendo, daremos agora 5 dicas para melhorar o índice de qualidade do Google ADS

1. Organize melhor sua página de destino

A página de destino merece atenção porque o usuário chega a ela após clicar no anúncio. Para melhorar o Índice de qualidade do Google ADS, exiba apenas conteúdo original e relevante em suas páginas. Tente não sobrecarregá-los com banners ou pop-ups, pois isso prejudicará a experiência do usuário e reduzirá a transparência da página. Redirecione os usuários para páginas relevantes da forma mais honesta possível. Se o seu usuário for direcionado para uma página lenta, ele pode desanimar ou desconfiar da idoneidade de sua página.

2. Use correspondência de palavras-chave

Quando criamos um anúncio, precisamos inserir as palavras-chave corretas. São essas palavras que, quando pesquisadas pelos usuários, acionarão a exibição do seu anúncio.
O que alguns profissionais não sabem é que existem comandos que dizem ao Google como interpretar esses termos. Em outras palavras, você pode informar ao Google Ads como diferentes maneiras de escrever e termos relacionados podem ou não acionar seu anúncio.
Esta ação impedirá que seus anúncios sejam acionados em termos não relacionados ao que você oferece ou até mesmo te ajudará a analisar e entender a maneira como os usuários realmente realizam suas pesquisas e pode reduzir significativamente o custo de uma conversão.

Ainda na dica 2, você deve caprichar na sua copy

Copy CriativaA melhor maneira de tornar seu anúncio bem-sucedido é ter alguma forma de dizer aos usuários que o anúncio foi feito para eles.
Por exemplo, colocar exatamente a mesma palavra-chave da pesquisa no título geralmente produz ótimos resultados.
A inclusão de preços e formas de pagamento também funciona como um filtro e tem um efeito positivo na taxa de conversão dos anúncios.
Quando o seu cliente vê um anúncio sem preço, ele tem que ir até a página e avaliar essa informação, gerando um clique e consequentemente uma cobrança, mas quando o preço já está presente no anúncio, a fase de pesquisa de preços é eliminada, tornando seu visitantes muito mais qualificados e com maior probabilidade de conversão. Alguns estudos também mostram que colocar todas as palavras em maiúscula chama a atenção e atrai mais cliques (até o Google recomenda isso). Mais uma coisa: não economize nos caracteres! Eles estão aí para serem usados, então use o maior número possível deles em seu anúncio.

3. Aumente o CTR, veja como

Alinhe o objetivo com as necessidades do seu público.
Sem uma estratégia, é impossível atingir o público-alvo na hora certa e com as palavras-chave certas. Se sua CTR está baixa, uma dica do próprio Google é analisar seu anúncio fazendo as seguintes perguntas:

A) Por que o usuário não clica no meu resultado?
B) O que devo mudar no meu título para que ele apareça mais chamativo nos resultados de pesquisa e ainda esteja alinhado com os objetivos do usuário?
C) Como melhorar a descrição dos anúncios fazendo com que desperte mais desejo de clicar?

Uma dica para saber como seu público está buscando por determinado produto ou serviço é utilizar a ferramenta Google Trends ou o próprio planejador de palavras-chave do Google. Essas ferramentas fornecem ótimas informações sobre tópicos e palavras que estão em alta. Se você executar essas ações, verá um aumento em sua CTR.

4. Torne sua URL mais amigável

ULR Amigavel

A extensão de URL (meudominio.com.br/extensao) é um dos principais fatores de ranqueamento do Google, SEO e URL. É por isso que é importante torná-lo mais fácil para o usuário e, o também, usar uma palavra-chave adequada. Isso torna a URL mais atraente e dá mais credibilidade para o usuário interpretar seu link como seguro.

Exemplo de URL com extensão não otimizada: http://lso.meudominio.com.br/chinelo02jlsond6li=#domasculino&lt.       

Exemplo de URL com extensão otimizada: http://meudominio.com.br/chinelo-masculino

5. Analise o histórico de sua conta

O histórico da conta é um dos fatores mais importantes quando se trata de melhorar o Índice de qualidade no Google Ads. Sempre tente atualizar as contas e se você tiver um histórico ruim em uma conta, crie uma nova, pois a antiga não afetará a conta atual. Sua conta do Google Ads contém um histórico de alterações que mostra o que você fez no passado. Esses dados ajudarão você a entender melhor quais eventos podem ter causado alterações no desempenho de suas campanhas. Você pode visualizar as alterações por até dois anos.
Obviamente, avaliar uma decisão após feita é muito mais eficaz do que apenas confiar em suposições. Por isso, o processo de avaliar o que contribui e o que prejudica as campanhas será simplificado após as mudanças, pois temos números para fundamentar nossas conclusões.

Controle o acesso a sua conta do Google Ads

Qualquer pessoa com acesso à sua conta do Google também pode fazer login na sua conta do Google Ads e visualizar seus dados de publicidade. Portanto cuide muito bem dos acessos à sua conta.

 

Dica bônus

O botão Desfazer no histórico de alterações

Botao DesfazerO histórico de alterações do Google Ads é um bom aliado nesse processo, permitindo que os anunciantes acompanhem quais alterações foram feitas nas campanhas. E isso ajuda efetivamente a comparar mudanças e resultados.
Alguns especialistas do Google ADS já perceberam que o histórico está sendo otimizado com recursos que o tornam ainda mais eficaz. Trata-se da implementação do botão Desfazer. Um único botão que transforma o histórico de alterações em uma janela para análise de eficácia de campanhas – neste caso, desfazer (ou reverter) ações que podem não ter resultado em melhorias, cliques e conversões. Portanto, esteja sempre analisando ou se preciso desfazendo ações.

Não perca tempo. Invista em anúncios no Google. Para isto conte com a experiência da Real Origami Agência Marketing Digital. Nosso time terá o maior prazer em lhe ajudar a se destacar.

 

 

Atendimento pelo WhatsApp